Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Português

Oblatas do Coração de Jesus

Entrada Archives Rubriques Gauche Instituto das OCJ Espiritualidade

Espiritualidade

"Buscar em Deus o Amor para espalhar o Amor"

  bible.jpg

Na meditação da Palavra de Deus, nós descobrimos o Amor infinito de Deus para conosco, Amor que ele nos revela na Pessoa de seu Filho.

 

Pelo Espírito, Jesus vive continuamente unido a seu Pai, Ele se dá totalmente ao Pai e aos homens até à morte na Cruz.
A sua Oblação (o seu dom) é o fundamento da nossa: resposta de amor ao Amor primeiro de Deus.
Oblatas Religiosas, Seculares, Filiadas e Casais Filiados estamos unidos por uma mesma Oblação, vivida diferentemente segundo o nosso estado de vida.
Clique para descobrir as Oblatas Religiosas, Seculares, Filiadas

Unidade e missão
Gostamos de nos encontrar no Instituto e de viver entre nós um espírito de família na alegria e na simplicidade.
 

 

mi 7.jpg

A unidade é-nos muito querida: união de cada membro ao Pai pelo Coração de Jesus, união entre nós para sermos sinais do Reino e união de todos aqueles com quem estamos em ligação
Para viver a unidade, o capítulo 17 de São João é o nosso código de referência.
A nossa missão: ser no meio do mundo testemunhas do Amor, fermentos de unidade e dar a conhecer aos homens o Deus de ternura, é comum a todas as Oblatas.
Clique para ver a nossa Acção

Oração e ação
A nossa ação brota da nossa oração e da nossa contemplação do mundo (acontecimentos, situações, pessoas...) como Santa Teresa de Ávila e de Santo Inácio de Loyola nos convida.
Eles guiaram a nossa fundadora, Luísa Teresa de Montaignac.
Continuamos a viver hoje da sua espiritualidade. Na ação, tentamos guardar o nosso coração unido a Deus.
Clique para conhecer Luísa Teresa de Montaignac

A oração forma em nós um coração segundo o Coração de Jesus: a suavidade, a humildade, a ternura do seu Amor nos transformam progressivamente. Depois de termos contemplado, como São João o amor do seu Coração aberto, tornamo-nos capazes de irradiar o seu Amor à nossa volta.


st jean.jpg

A oração, tempo de diálogo íntimo com aquele de quem nos sabemos amadas (Santa Tertesa de Ávila), a oração de Igreja (Eucaristia, adoração, oração das horas...) rerovam o nosso amor e nos dão a força de testemunhar com audácia e humildade.
A Eucaristia tem um lugar privilegiado na nossa vida: unimos a nossa Oblação à de Jesus, vindo para salvar o mundo.

O amor nos impele a trabalhar na realização de um mundo mais humano, mais justo e mais fraterno, lutando contra tudo o que a isso faz obstáculo.
 

libenge.jpg

Damos graças ao Senhor pelos sinais da construção do seu Reino e carregamos com a Igreja, as esperanças, as alegrias e as penas daqueles que encontramos e daqueles com quem trabalhamos.

Maria, modelo do coração que escuta a Palavra de Deus e que se dá inteiramente à obra do Pai, noa ajude a viver o nosso batismo e a seguir o seu Filho com uma confiança filial em todas as circunstâncias da nossa vida. 

vierge 15 n dame 2.jpg